Iníxio Mapa do Site Web Mail Facebook You Tube

Notícias

Arrastão contra a dengue contemplou o bairro São Francisco

Ao todo, 1.280 imóveis foram visitados e 10 focos do Mosquito encontrados

A- | A+

Para reduzir os índices de infestação do mosquito da dengue, a Secretaria de Saúde (Semusa), através do setor de Epidemiologia, promoveu nesta terça-feira, 9, mais um dia de grande mobilização contra o Aedes aegypti, no bairro São Francisco. Na mobilização, foram visitados 1.280 imóveis e encontrados 70 depósitos com água e 10 focos do mosquito.

O objetivo da ação, de acordo com o secretário de Saúde, Valdemir Scarpari, é conscientizar a população sobre cuidados simples e de rotinas que podem impedir a reprodução do mosquito. “Até a data de hoje, Laranjeiras do Sul registrou 22 casos suspeitos de dengue, sendo que 17 já foram descartados e cinco aguardam o resultado do Lacen [Laboratório Central]. Nenhum caso de Zika e Chikungunya foi registrado neste ano no município”, garantiu Scarpari.

Entre os locais propícios para a proliferação do Aedes aegypti estão recipientes expostos à água da chuva, como lixo, calhas e ralos entupidos, pratos e vasos de plantas, reservatórios de água para animais domésticos, ocos de árvores, caixas d´água e lajes. Contudo, é recomendado ficar atento a potenciais criadouros internos, como vasos sanitários desativados, coletores de água da geladeira e do ar-condicionado, suporte de garrafão de água, entre outros espaços.

Em razão de ações como essa e do engajamento da população, Laranjeiras do Sul já diminuiu de 4 pontos para 1,7 ponto o índice de infestação do mosquito transmissor da dengue.

10/05/2017


Voltar para Página Inicial